Fórum direcionado à interpretação de papéis (Role Playing). ORBrpg.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Corax

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Corax   Sex Jul 24, 2015 1:06 pm

O Povo Corax

Os Filhos do Corvo acreditam ser originários da Ásia, mais precisamente da gélida taiga siberiana. Foi ali que Corvo criou sua primeira ninhada, e mandou-os para o espaço aéreo entre céu e terra. É o sol que eles aspiram, e voam por céus perigosos para sentir sua carícia. Os Corax nem sempre tiveram penas negras - mas essa é outra história. Embora eles vivam em Gaia, eles trabalham para Hélios, levando sua luz para a Umbra negra e para os corações das criaturas de Gaia. A exposição de defeitos ocultos e segredos nem sempre é gentil, o que fez com que os Corax ganhassem muitos inimigos. Acredita-se que eles sejam os arautos da morte e das calamidades, o que faz com que freqüentemente não sejam bem-vindos. Os Garou (com a possível exceção dos Senhores das Sombras), contudo, respeitam os Corax, e sua aliança é antiga e forte. Os Theurges sábios reconhecem o valor do conhecimento sombrio transmitido pelos oráculos de penas negras, e os Ahrouns sabem que caçar com um corvo no ombro dá sorte. Os Corax têm uma longa história no Velho Mundo. Eles eram conhecidos pelos gregos e pelos celtas, e viajaram com os vikings em suas jornadas de batalha. Foi durante esses períodos que os Corax forjaram seu longo relacionamento com os Fianna e os Crias de Fenris. Quando os Garou conduziram os Puros ao Novo Mundo prometido por Gaia, os Corax os acompanharam. Depois disso, os Corax lideraram seus próprios parentes para a nova terra. Muitos se estabeleceram no Pacífico Norte: tribos inteiras de Parentes Corax ainda vivem nessa área e dirigem orações a Corvo. adquirir o antecedente Totem. Contudo, ao contrário das matilhas Garou que seguem o Corvo, os Corax não têm Dogmas; eles podem fazer o que quiserem, seguros no conhecimento de que Corvo jamais abandonará seus filhos. Assim, eles podem conseguir (e freqüentemente conseguem) acumular grandes riquezas.

Organização

Os Corax são metamorfos solitários e individualistas. Eles não se agrupam em tribos ou clãs. Ocasionalmente, os Corax realizam um Agrupamento, às vezes chamado Parlamento. Nesses Parlamentos, eles podem juntar-se em grupos temporários que costumam serem formados para atingir um determinado objetivo. Depois que o objetivo é alcançado, os grupos são dissolvidos. Alguns grupos permaneceram intactos, tendo se tornado sociedades permanentes ou campos. Os Corax tratam renome e posto como os Garou, mas para eles a Sabedoria é muito mais importante.Todas recompensas de Sabedoria são dobradas para os Corax. Honra e Glória raramente são procuradas, mas são consideradas valiosas quando obtidas.

A Umbra

A passagem radiante para a Umbra fascina os Corax tanto quanto os objetos brilhantes atraem seus Parentes, os corvos. Muitos Corax passam mais tempo na Umbra do que no mundo "real", voando por ela e aprendendo seus segredos. Alguns Corax anciões abandonam o mundo terrestre, voam para a Umbra Profunda, e raramente são vistos novamente. Deles é dito que "esqueceram o sol". Os Corax muitas vezes servem como mensageiros entre o mundo espiritual e o terrestre, porque conhecem os caminhos mais rápidos pela Umbra.

Totem

Todos os Corax têm o corvo como seu totem, e acreditam que devem sua existência e seus muitos Dons a ele. Todos os Corax aliam-se automaticamente a ele.

Linguagem

Os Corax falam uma língua de grasnados. É muito difícil para indivíduos que não sejam de sua raça aprenderem esta linguagem, e mesmo se conseguirem, conversa com os Corax sempre será uma prova formidável. Muitas discussões são realizadas completamente através de citações. Para piorar as coisas, algumas vezes é feita apenas uma citação parcial, deixando aos Corax a tarefa de descobrirem o resto. Afinal de contas, quem precisa citar uma passagem inteira quando todo mundo conhece a fala seguinte? Isto pode ser algo muito confuso de ser escutado, embora os Corax tenham poucos problemas em compreender uns aos outros.


Habitat

Os Corax, como seus irmãos corvos, são uma raça adaptável. Eles não se restringem a qualquer localização ou clima, e sentem-se em casa tanto nos ambientes urbanos quanto nas florestas. Ambos guardam segredos preciosos e caminhos escondidos.As duas maiores populações de Corax encontram- se na costa norte dos EUA e Canadá e na Escócia. Partes da Rússia também abrigam pequenas populações de Corax.


Acasalamento

Os Corax reproduzem-se executando o ritual da criação que Corvo lhes ensinou há muito tempo. Um bebê humano ou um ovo de corvo, quase sempre cria de um Corax, é escolhido para tornar-se Corax. O ritual é realizado na Umbra, e requer um cacho de cabelo humano ou uma pena de corvo, dependendo da raça do pequeno Corax. O cabelo ou a pena são doados pelo parente que realiza o ritual. O ritual requer o gasto de três pontos permanentes de Gnose, e um ovo espiritual é criado e aprisionado na forma Umbral do jovem Corax. Ali ele descansará, incubando por anos até chocar. A eclosão em geral ocorre na puberdade, embora um evento traumático possa fazer com que ocorra mais cedo. O corvo e as partes humanas da criança são unidas: a Mudança ocorre pela primeira vez. Quando isto acontece, um chamado espiritual é enviado, alertando qualquer Corax nas imediações - e quaisquer predadores na Umbra. Com sorte, um Corax aparece e inicia o jovem nas tradições dos metamorfos, antes de deixar o filhote por conta própria. Os ovos fetiche, incubados na Umbra, são escondidos, mas podem ser localizados mediante o emprego de Dons ou feitiços. Os magos e ocultistas valorizam muito os ovos de Corax. Os Dançarinos da Espiral Negra ocasionalmente realizam na Umbra verdadeiras caçadas aos ovos. Quando um ovo é destruído ou separado de seu "ninho" Corax, a criança torna-se autista ou desenvolve uma paralisia total - ela é condenada a uma meia vida por ter sido afastada de metade de seu ser. É dito que os Dançarinos da Espiral Negra coletam ovos e os levam para serem chocados em seus abismos sombrios. Devido às exigências deste ritual, não existem Corax Impuros. O ritual não pode ser realizado em um ovo originário da união de dois Corax.


Características

Ser um Corax não é ser exatamente como qualquer um. Há algumas modificações que Gaia fez para permitir que os corax cumprissem suas tarefas com mais eficiência. É claro, há sempre um preço a pagar por tal coisa, e para cada bônus que o Corax tem, eles terá uma falha.


Voo

A melhor parte de ser um homem-corvo é que depois da primeira mudança, você não tem que ganhar suas asas. Você ganha a habilidade de voar automaticamente, voar só é possível nas formas Crinos e Corvina, mas mesmo assim, isso é melhor que a maioria consegue. Mesmo sem a habilidade Voo, todo Corax é capaz de voar, mesmo que seja apenas o básico (Nota: Assuma que todo Corax de raça corvina possua no mínimo 2 em Voo, já que eles já sabiam voar antes da primeira mudança. Hominídeos, por outro lado, só podem comprar esta habilidade com pontos de bônus). Um Corax é capaz de voar durante uma hora sem se cansar, e não precisa que ninguém o ensine isso. O conhecimento é instintivo. A envergadura do Corax também permite atingir altitudes de mais de 1.000 pés. Por outro lado, o fato de que Corax podem voar significa que eles muito bem que eles tem uma compulsão psicológica para faze-lo. Um Corax que não tenha dado pelo menos um bom voo por volta da vizinhança uma vez a cada poucos dias fica nervoso e irritado. Períodos longos no chão causam desordens como depressão e raiva incontrolável.


Sentidos Alterados

Gaia criou o povo corvo para serem espiões e informantes. Espiões com miopia e informantes de sem uma boa visão não costumam a trazer informações tão úteis. Pensando assim, Gaia os abençoou os Corax com uma visão aguçada. Este presente de Gaia permite que os Corax vejam as coisas com melhor e com mais precisão que a maioria das criaturas. Senão, os homens-corvos não teriam uma imagem muito boa do que ele visse de cima. O problema é que Gaia gosta de equilíbrio. Isso significa que há um correspondente negativo para a visão positiva que todos Corax tem. Neste caso, é o cheiro. Os homem-corvos não são totalmente privados do olfato, porém a maioria dos maus odores passam direto pelo Corax. Considerando o que os corvos comem, isto é provavelmente uma benção;mesmo assim, essa condição pode levar o Corax a freqüentemente perder alguma coisa boa que um bom olfato poderia desvendar. Em termos de jogo, isso significa que a dificuldade de qualquer jogada relacionada com visão é reduzida em 2 para o Corax, mas a dificuldade para qualquer jogada relacionada com olfato é aumentada em 2. Isso se manifesta apenas quando Corax está numa forma não-hominídea ( ou seja, Corvina e Crinos). Quando em hominídeo, um Corax tem os mesmos sentidos de um humano normal. Ossos Leves Um Corax na forma corvina possui ossos ocos, mas mesmo na forma Crinos e Hominídea, seus ossos são um pouco mais leves que de um humano normal. Além das vantagens que um esqueleto mais leve da a um Corax em voo, há também alguns outros efeitos. A dificuldade de Esportes ( e Esquiva, se o Narrador achar apropriado) é reduzida em 1 para todos os Corax. Afinal de contas, há menos peso para mover. Porém, qualquer tipo de ataque de concussão em um Corax( porrete, socos, maças, etc.) o atinge de uma forma realmente ruim. Tão ruim, de fato, que a parada de dados do Corax é reduzida em 1 e para cada nível de vitalidade infligido, o Corax recua dois passos. ( Note: Isso costuma a fazer o Corax mudar de forma e voar para longe). Coisas Brilhantes! Os homens-corvos tem uma verdadeira compulsão por objetos que brilham. Isso pode ser bom, pois um Corax nunca a perder uma chance de pegar uma chave perdida, Gaia sabe disso.E as vezes essa obsessão pode ser muito, muito ruim – como as vezes faz um Corax agarrar algo feito de ouro, ou deixar um inimigo pega-lo em uma armadilha com nada mais que um pedaço de alumínio. Em circunstancias normais,um Corax espiando algo que brilhe se sente impulsionado a dar uma checada, pelo menos visualmente. Com uma jogada de Manipulação + Lábia ( dificuldade 6), isso pode ser feito sem parecer óbvio. Porém, um Corax pode fazer um teste de Força de Vontade ( dificuldade 7) ou gastar um ponto de Força de Vontade para ignorar algo brilhante. ( Nota: Hominídeos não estão imunes a este efeito, nem estão os Corax em forma homíndea).


Língua Solta

Corax adoram falar. Isto se de ao fato que Gaia, que não desejava que os homens corvos guardasse nenhum detalhe importante, deu ao povo-pássaro compulsão para de ficar falando... e falando... e falando. Isso significa que os Corax tendem a ser vistos como “bocas grandes” para qualquer um a sua volta, não importando forma ou raça. Isso significa que normalmente, é difícil para um Corax fazer alguém levar a sério qualquer coisa que ele diga. (“Raina disse isso? Ah, Ela sempre está dizendo coisas assim. Ignore-a.”) Afinal de contas,se você está falando constantemente, mais cedo ou mais tarde sua conversa se transformará em puro barulho, e seus amigo vão inconscientemente se virar para o que você está dizendo.Mesmo aqueles que deveriam saber melhor – Gurahl, Uktena, entre outros – algumas vezes levam um bom tempo se convencendo que vale a pena separar besteira de verdade no papo Corax. Falar o tempo todo não significa que você sempre está falando de uma coisa, e Corax odeiam se repetir. Isso significa que mais cedo ou mais tarde, um Corax vai deixar de falar baboseiras, e se obrigar a falar sobre “coisas importantes” – segredos – coisas que o Corax não deveria estar fofocando sobre com ninguém, a não ser outro Corax. Não precisa dizer que isto causa problemas – um segredo pode causar todo tipo de problema em pouco tempo. Corax, então, tem uma desvantagem ( +1 na dificuldade) toda vez que tiver fazendo uma jogada para segurar sua língua, continuar quieto, ou qualquer coisa reprimindo-os de falar. E sim, isso inclui aquelas j ogadas de Força de Vontade para evitar retrucar aquela última palavra para um grande, feio Garou que o resto da matilha já se encarregou de acalmar de sua mania homicida... É claro, Corax não falam o tempo todo. Se o fizessem, eles fariam um péssimo trabalho da tarefa no qual Gaia os encarregou. Além disso, aquele jogador que se sente impulsionado de falar “porque está no personagem” provavelmente iria levar uma bronca (justificável) do resto de seu grupo de jogo. Uma coisa que se deve lembrar com um Corax é, na verdade uma questão de não conseguir parar de falar uma vez que j á começou, não conseguir segurar aquela frase, ou não conseguir manter aquele segredo que é realmente bom, ou não conseguir deixar ninguém ter a última palavra.


Ouro e Prata

Os Garou, e também a maioria das Raças Metamórficas, são criaturas da Luna. Como resultado, prata é um inimigo mortal mesmo para um poderoso Garou. Para um Corax as coisas são um pouco diferentes. Homens-corvo são completamente imunes aos efeitos da prata, e assim muitos Corax usam joalherias de prata. (Eles o fazem por dois motivos: porque prata brilha “legal”, e porque deixa os Garous loucos.) Esta imunidade deriva pelo fato deles serem ligados ao Sol, e não a Lua. Ouro, por outro lado, é um assunto totalmente diferente. Ouro afeta Corax nas formas Corvina e Avis Rara como afeta os Garou. Contato da pele direto com ouro causa um nível de vitalidade agravado por turno, a cada ataque sucessivo que um oponente faz com uma arma de ouro causa um ponto de dano agravado, não importando os sucessos obtidos no teste de dano. Além disso, cada item de ouro carregado por um Corax reduz sua Gnose em 1 até ele descartar a peça. Não precisa dizer que, que isso intimidaa maioria dos Corax de carregar ouro, mas não de prata – se necessário. Não importando a raça, os Corax sempre levam dano agravado por ouro na forma corvina, e nenhum na hominídea. Porém eles podem absorver esse dano na forma corvina, até mesmo o causado por contato, mas nunca na forma Crinos. Eles também continuam a perder 1 ponto de gnose por objeto de ouro carregado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Re: Corax   Sex Jul 24, 2015 1:11 pm

Formas
 
 
Os Corax possuem três formas básicas que podem assumir: Homenídea, Crinos e Corvo.

Hominídeo: Este é o corpo humano. Os Corax na forma homenídea são baixos, raramente atingido um metro e sessenta de altura. As estatísticas básicas desta forma podem ser encontradas no livro básico de Lobisomem.

Crinos: A forma Crinos dos Corax é um estranho amálgama de homem e pássaro, sendo assumida muito raramente, apenas para intimidar ou por defesa pessoal. Nesta forma, o cabelo do Corax fica negro com um tom prateado, e alguns fios transformam-se em penas. O nariz e o queixo alongam-se numa protuberância em forma de bico e os braços tornam-se asas com mãos em formas de garras nas pontas. Os pés também adquirem a aparência de garras, enquanto as pernas permanecem relativamente humanas. Não se obtém nenhuma massa corporal. A maioria dos Corax não gosta muito desta forma, usando-a apenas para intimidar ou lutar. As mãos e pés em forma de garras causam dano agravado.

Corvina: Esta é a forma preferida pela maioria dos Corax, sendo essencialmente a de um grande corvo (envergadura das asas em torno de 1,3 metro). Os Corax, nesta forma, preferem, na maioria das situações, fugir a lutar. Contudo, caso a situação exija, eles poderão defender-se com seus bicos afiados.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Corax
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
World of Darkness - RPG :: Sistema - Lobisomem: O Apocalipse :: Outros Metamorfos-
Ir para: