Fórum direcionado à interpretação de papéis (Role Playing). ORBrpg.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Ananasi

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Ananasi   Qua Jul 22, 2015 4:51 pm

Os Ananasi

Os Ananasi não são, talvez, os metamorfos mais poderosos do mundo, mas são, provavelmente, os mais preocupantes. Eles são os homens-aranha, capazes de se transformar em criaturas de puro pesadelo ou em uma horda de pequenos aracnídeos. Os Garou sentem que eles servem a Wyrm, e os lobisomens não estão totalmente errados. Alguns Ananasi obedecem à Wyrm, mas alguns tomam suas ordens de marcha da Weaver e outros da Wyld. Todos os homens-aranha, no entanto, servem apenas a uma Senhora de coração: Sua  Rainha aprisionada, Ananasa.

Servindo sua rainha aprisionada pela Wyrm, os Ananasi manipulam a sociedade humana em todos os níveis. Visto como mal encarnados pela maioria das outras raças metamórficas, as aranhas tramam seus esquemas das sombras, esperando o dia em que - através de seus esforços - a simetria será restaurada e a Tríade colocar-se-á em equilíbrio novamente.


Última edição por O Narrador em Sex Jul 24, 2015 10:15 am, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Re: Ananasi   Qua Jul 22, 2015 4:55 pm

História


No início, havia apenas a Tríade: Weaver, Wyrm, e Wyld. A primeira e maior criação da Wyld foi Gaia, que, por sua vez, criou seus próprios filhos - os Garou, os Mokolé, e todas as outras raças metamorfas. Todas, isto é, com exceção de uma. A Wyld não foi a única fabricante na existência, depois de tudo. A Weaver também criou uma progênie, girando-a para fora de uma seda tão fina e tão forte, que enquanto apresentava-se tão frágil e delicada, ela seria quase impossível de se destruir. É a partir da primeira e única cria da Weaver - Ananasa, a Rainha Aranha - que descendem todos os Ananasi. Ela é a Grande Mãe, seu Totem pessoal, sua rainha, e sua Deusa.
A Rainha Ananasa era muito parecida com sua mãe - engenhosa e bela, amante de tudo o que era perfeito e reto no universo. Com o tempo, ela conheceu Aranha, e se apaixonou por seus longos membros ágeis e seus brilhante olhos. Ananasa e Aranha viveram juntos, girando um ninho no qual compartilhavam seu amor. Seu filho, chamado Anansi, foi o primeiro homem-aranha. Anansi era tudo o que os pais poderiam esperar de um filho. Sua forma era bela, com ambos os membros e olhos em grande número, e uma agilidade ainda maior. Sua mente era tão rápida e aguçada quanto seu corpo, e suas palavras soavam doces como o mel - ou afiadas como uma lâmina.
Anansi, na época, tinha seus próprios filhos: Os Damhàn, que viriam a ser conhecidos como os Ananasi. Andavam sobre duas pernas e deslizavam em oito, cada um servindo ao seu propósito, mantendo o equilíbrio correto e perfeita simetria da Grande Teia que englobava toda a criação. E sob a tutela e orientação de Ananasa e Anansi, os Ananasi prosperaram. Por um longo tempo, todas as coisas encontravam-se balanceadas, e a simetria foi mantida. Então, apesar dos esforços da Rainha Ananasa para manter à grande teia, as coisas começaram a fugir do controle. A Weaver enlouquecera e atrelou a Wyrm em suas teias. Em retaliação, a Wyrm capturou à Rainha Ananasa. Para proteger-se, criou Ananasa uma esfera protetora tão forte e impecável que até mesmo ela não poderia quebrá-la ou comunicar-se através das suas paredes inexoráveis. Não sendo possível destruir à Rainha, a Wyrm roubou esta impecável prisão opala e sua preciosa carga, fugindo com ela para o coração de seu reino. Mantendo sua rainha prisioneira em Malfeas, a Wyrm coagiu os Ananasi em seu serviço, ameaçando destruir Ananasa acaso não obedecessem. Incapazes de se comunicar com sua Rainha-Mãe com sua orbe protetora opala, e temendo por sua vida, os Ananasi anuíram.
Mas os Damhàn são uma espécie astuta. Mesmo enquanto fingiam servir aos desígnios da Wyrm's, os Ananasi procuraram através da teia por sua rainha, tentando encontrar onde a Wyrm a havia escondido. Sobre duas pernas ou oito, eles viajaram profundamente pela amplitude do universo, todos os oito olhos mantiveram-se alerta em busca de pistas sobre o paradeiro dela. Explorando cada canto e recanto, estudando cada sombra, eles aprenderam muitos segredos sobre o universo em torno deles - mas não encontraram nenhum vestígio de sua amada rainha. Somente seu primeiro e mais astuto filho, Anansi, foi finalmente capaz de localizá-la, no fundo do coração do reino da Wyrm. Buscando para libertá-la, Anansi manejou e enganou os Garou levando-os em assalto a Malfeas para captar o que ele dizia ser o próprio coração da Wyrm - mas que na verdade era a prisão de Ananasa. Por manipulação e engano, ele convenceu os Garou e as outras raças metamorfas de que, destruindo esta opala, eles poderiam destruir a Wyrm de uma vez por todas e cumprir o seu dever para com Gaia.
Mediante a falta de astúcia de Anansi, o estratagema ruíra. A um grande custo, os Garou tempestearam Malfeas, encontrando à opala e atacando-a de imediato. Mas apesar de sua raiva, elas não puderam destruir o que a Grande Mãe havia criado. Conseguiram, no entanto, fendê-la; de todo modo: uma pequena rachadura pela qual Rainha Ananasa poderia comunicar-se. Ela agradecera ais Garou pelo resgate, mas sua gratidão caíra perante ouvidos surdos. Os Garou, irados pelo engano sofrido, acusaram Anansi de mácula pela Wyrm e fizeram votos para destruí-lo, à sua mãe, e a todos os seus descendentes.
Felizmente, os Ananasi são mais astutos do que qualquer lobo brutamontes poderia imaginar. Usando os segredos desenterrados durante a busca por sua Rainha, eles deslizaram por meio do vácuo entre os espaços formadores da grande teia, desaparecendo de vista, deixando os Garou apenas com os demais troca-peles para ventilar sua raiva. Assim foram as aranhas capazes de resistir à fúria inicial dos Garou, que logo irrompeu na conflagração agora conhecida como "Guerra da Ira". Mas, todas as vitórias têm um preço. O conflito dizimou outras espécies metamorfas, separando para sempre os Ananasi de outras raças.
Nos tempos modernos, os Ananasi continuam a fazer o que fazem de melhor. Eles se escondem. Fazem esquemas. Manipulam o mundo ao seu redor, habilmente e sutilmente como uma aranha a gerenciar sua teia. Eles cultivam a sociedade humana, utilizando a humanidade como uma ferramenta em seus esforços para cumprir as diretivas sua rainha, e, finalmente, libertá-la de sua prisão de eras atrás.
Nenhuma outra criatura compreende tão bem a conexão entre todas as coisas vivas - naturais e sobrenaturais - como faz o povo-aranha. Cada ser, cada lugar, cada evento é amarrado a todos os outros através dos ornamentados mas inescapáveis fios da Grande Teia. E, como tal, cada pedaço do que pode ser manipulado, mesmo a uma grande distância - por aqueles que entendem essas conexões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Re: Ananasi   Sex Jul 24, 2015 9:43 am

Primórdios

Diferente da Primeira Mudança que define claramente um ponto de transformação para as outras Raças Transmorfas, a evolução de um humano (ou aracnídeo) em um Ananasi completamente desenvolvido não ocorre de uma vez. A metamorfose rasteja em um vir-a-ser Ananasi, sutilmente alterando suas percepções e emoções primeiro, e então sua forma física. Os Damhàn pré-metamorfose experienciam um aumento gradual em sua curiosidade, enquanto notam os detalhes e configurações no mundo ao seu redor para um grande entendimento. Suas emoções desvanecem enquanto crescem desapaixonados e analíticos em seus sentimentos e ações.
Alterações físicas aparecem logo em sequência, enquanto o corpo do Ananasi lentamente transforma-se em um capaz de alcançar muitas formas diferentes. Anomalias sutis começam a aparecer; podendo brotar cabelos espessos, eriçados em manchas por todo o corpo; pedaços não identificáveis e solavancos podem começar a se manifestar (e movimentar-se!) sob sua pele.
Assim, os gostos do indivíduo deslocam-se. Ela perde o desejo de comer em detrimento do gosto ou satisfação sensorial, e em vez disso encontra-se atraído por uma dieta de alta proteína incluindo raras seleções de carne vermelha - e, eventualmente, de sangue.
Embora essas mudanças possam parecer estranhas para os jovens Ananasi, a transformação psicológica e emocional à qual submetem-se antes, pavimenta o caminho para que aceitem às alterações com uma curiosidade destacada ao invés de alarme. Ela também torna mais simples o controle destas mudanças, a fim de escondê-las de um observador casual. Como tal, a partir de sua  metamorfose inicial em diante, é menos provável um Ananasi rasgar acidentalmente o Véu do que qualquer outra das Raças Metamórficas.
 
 
Instrução Umbral

Embora seja sutil comparada à Primeira Mudança de muitos metamorfos, a metamorfose final de uma jovem Ananasi inevitavelmente atrai a atenção de outros de sua espécie. Seguindo as instruções da própria Raina Ananasa, as aranhas mais experientes trazem a principiante à Umbra, onde ela recebe uma base completa acerca de sua nova vida, aprende seu papel na Grande Teia, e pela primeira vez, efetua ações de comunicação para com a Mãe-Rainha em pessoa.
 
 
Raças

Os Ananasi possuem duas diferentes raças: Aracnídeo e Hominídeo. Nenhum Ananasi Metis jamais foi conhecido. Isto ocorre porque emparelhamentos de Ananasi/Ananasi não produzem problema algum, uma vez que a "criança" concebida deste modo morre - ou é morta - no momento do nascimento.

Hominídeos: Hominídeos Ananasi, nascidos de ascendência humana, têm uma vida anterior que difere minimamente daquela apresentada pela maioria das crianças normais. Assim que aproximam-se do tempo de sua Primeira Mudança, todavia, notam uma diferença significativa entre si mesmos e seus amigos. No momento em que tiverem realizado completamente sua transformação física, já terão percorrido todas as etapas de alteração psicológica e emocional necessárias não somente para aceitar sua verdadeira natureza,mas também para escondê-la dos olhos exteriores.

Aracnídeo: Aracnídeos Ananasi, nascidos de uma desova de aranha, eclodem a partir de um saco de ovos. Devido ao curto tempo de vida natural das aranhas (e sua fragilidade inerente), eles começam a metamorfose mais rapidamente do que seus parentes hominídeos, às vezes poucas horas depois de sua eclosão. Em comparação com seus irmãos hominídeos, os aracnídeos Ananasi também têm uma desvantagem - seu tamanho diminuto. Eles devem literalmente comer o volume de uma massa corporal que possa acomodar sua mudança de forma, geralmente banqueteando-se com seus companheiros de ninhada e quaisquer outras aranhas na área antes de percorrer seu caminho até presas maiores. Ananasi Aracnídeos normalmente compartilham formas de raça com sua população dominante de aranhas locais - tarântulas, aranhas-marrom, viúvas negras, aranhas-lobo, ou semelhantes - e essas características físicas únicas aparecem em todas as suas formas não-hominídeas.
 
 
Aspectos

Todos os Damhàn adoram sua Rainha Ananasa, e servem-na sob o seu ideal de simetria - restaurar à sanidade, o equilíbrio e a perfeição da Grande Teia - como seu maior objetivo. No entanto, cada Ananasi cumpre estes esforços através da dedicação a uma faceta da Tríade escolhida pela própria Ananasa em pessoa. Os Ananasi rotulam estes três grupos distintos de "aspectos", baseando-se em qual das forças da Tríade estão mais estreitamente alinhados. Pouco depois da Metamorfose de um Ananasi, mudanças físicas que denotam seu aspecto manifestam-se. Estas aparecem como mudanças nos padrões dos poros (especialmente na face e tronco) em formas hominídeas, mas como coloração ostensiva e mudanças de textura em formas distintas. Os Tenere são marcados com marcas de teia de aranha que se irradiam em círculos ou cunhas. As marcações dos Határ são sinuosas e serpentinas. Os padrões Kumoti apresentam-se irregulares, como relâmpagos, em ziguezague e cruzando uns sobre os outros. Como progênie de Ananasa (e, assim, a sua progenitura de antepassado, A Waever, também), todos Ananasi têm afinidade com avó aranha em algum grau. Isso se reflete em sua forma física, a sua natureza, e sua dedicação à simetria e à Grande Teia. No entanto, enquanto muitos homens-aranha servem sua rainha através de sua dedicação à Weaver, Ananasa valoriza equilíbrio acima de tudo. Assim, um número igual têm a tarefa de servir aos outros aspectos Tríade, embora (como a Weaver) em seus primórdios, eram imaculados, ao invés de suas formas modernas corrompidas.

Hatar (Servos da Wyrm): Como os Tenere, os Hatar são dedicados ao aspecto original de sua faceta da Tríade - a Wyrm Destruidora, ao invés da Corruptora. Eles acreditam que a própria Wyrm foi corrompida em sua prisão pela Weaver, e que, a fim de cumprir o seu verdadeiro lugar na Tríade, ela deve ser libertada e retornar à sua função original. Vivendo concretizações do princípio de que o "centro não se sustenta sozinho", os Hatar são os desfiadores dos Ananasi. Sejam físicas ou esotéricas, suas funções se concentram em destroçar o que fica no caminho da Simetria, sob o comando da Rainha Mãe.

Kumoti (Nascidos da Wyld): Criativos e dinâmicos, os Kumoti emulam a Wyld como esta deveria ser, ao invés daquilo que realmente é. Através de mudanças sutis e manipulações, eles lutam contra a estagnação e entropia, levando o crescimento e desenvolvimento encorajador onde não poderiam florescer. Alguns afirmam que os Kumoti são mais caóticos do que calculam, mas para os nascidos da Wyld, qualquer mudança traz consigo o potencial para a transição na direção certa para alcançar os objetivos da Grande Mãe.

Tenere (Dedicados à Weaver): De todos Damhàn, os Tenere têm o melhor controle sobre suas emoções, sendo mais atenciosos quanto à ordem e o padrão das coisas. Eles visam restaurar a Weaver para seu aspecto original, não permitindo que prossiga a criatura louca e fora de controle que se tornou. Os Tenere valorizam o asseio em suas vidas pessoais, a ordem em seus relacionamentos, e um padrão em suas atividades do dia-a-dia. Lógicos, calculistas e precisos, eles se esforçam para manter a estabilidade nas regiões da Grandes Teia, encarnando a Weaver em tudo o que fazem.

Os Ananasi não podem mudar seus aspectos; não há rito da renúncia para os metamorfos aranha. É tanto a sua bênção como sua maldição ser o que são, desde o momento da sua criação até que sejam recebidos de volta no abraço de seda da Grande Mãe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Re: Ananasi   Sex Jul 24, 2015 11:08 am

Facções

Embora existam abrangentes metas e deveres para cada aspecto Ananasi, mesmo dentro de cada grupo, existem papéis distintos. Essas subdivisões, conhecidas como facções, garantem que cada parte da responsabilidade de um aspecto receba o foco e a atenção adequada.

Para cada aspecto, existem três facções, definindo os deveres do indivíduo Ananasi para com a Rainha Ananasa de forma sucinta. A facção destinada de um Ananasi torna-se clara durante o seu período inicial de Instrução Umbral.

Myrmidon: Guerreiros. Eles se envolvem em combate marcial quando necessário, desenvolvendo táticas de guerrilha que se adaptem às necessidades de sua rainha. Eles entendem da mesma forma as sutilezas da diplomacia e o valor das manobras de choque.

Viskr: Juízes e místicos. Especializando-se em conhecimentos ocultos, magias arcanas, e mistérios secretos, eles são os mais propensos a buscar interação com outras raças metamórficas, ou, pelo menos, a obter os seus poderes para cumprir às metas da grande mãe.

Wyrsta: Questionadores. Os Wyrsta olham para além de como apresenta-se a realidade e não perguntam-se apenas porque de que assim o seja, mas, como poderia ser manipulada para melhor servir os objetivos da rainha-mãe. Eles também testam o resto dos Damhàn, pessoalmente e como um todo, para garantir que não enfraquecem a perfeição da Grande Teia por meio da preguiça, ignorância ou mesmo incompetência.
 
 
Formas

Os Ananasi possuem quatro formas distintas. Mesmo as formas que parecem ser mais "normais" têm as suas próprias singularidades e características, e cada uma serve à sua própria finalidade no esquema da rainha Ananasa.

Hominídea: A configuração hominídea do Ananasi se assemelha externamente ao corpo humano em tamanho, forma e outras características físicas externas. Embora não possuam olhos extras ou membros sobressalentes, esta forma ainda difere do humano comum de algumas maneiras distintas. Seus órgãos internos não são mais precisamente humanos; a química do sangue altera-se para acomodar tanto a hemoglobina humana (à base de ferro) quanto a hemocianina artrópode (à base de cobre). A forma Hominídea também possui glândulas de veneno, dentes vestigiais, e pedipalpos em sua boca.

Lilian: Mais forte, mais duradoura e mais ágil do que a hominídea, esta forma serve como forma de combate principal dos Ananasi. As formas Lilian variam em um testemunho horrível para a infinita variedade de maneiras que os arquétipos físicos de aranhas, humanos e gigantes podem ser combinados. Todos, no entanto, são aterrorizantes para os olhos humanos, incitando Delirium completo. Os Ananasi podem alterar sua forma Lilian através da prática (e do consumo de determinados tipos de aranha para dar-lhes a aparência desejada) ou através do presente: Alteração de Lilian. Mordidas e manobras com garras podem ser usadas nesta forma. Os aumentos conferidos  pela forma de altura e peso diferem da forma humana por cerca de 50%, desenvolvendo alongados (e adicionais) membros, exoesqueleto, e massa abdominal rija.

Pithus: A forma Pithus dos Ananasi é de uma aranha gigante. O metamorfo aranha adquire o dobro do peso em comparação à sua forma Lilian, produzindo uma aranha de massa corporal entre 220 e 320 quilos. O tamanho varia drasticamente; um pequeno espécime de aranha-lobo ananasi em sua forma pithus pode ser mais ou menos do tamanho de um carro pequeno, enquanto um opilião de pernas compridas pode ter uma massa corporal menor, mas uma extensão de pernas equivalente a um edifício de dois andares. A carne e a quitina de um Pithus tornam-se mais rígidas e poderosas. O sistema circulatório torna-se mais hidráulico, permitindo que o Pithus mude o seu peso e aumente sua força quando necessário. A forma Pithus é ideal para produzir teias com a resistência à tração do aço. O Ananasi pode aplicar mordidas pavorosas e terríveis golpes com as garras nesta forma, e, assim como um Lilian, leva ao pleno Delirium.

Crawlerling: A mais incompreendida de todas as formas Ananasi, a "forma" Crawlerling envolve a repartição do Ananasi em centenas ou milhares de aranhas de tamanho normal iguais em massa à massa do corpo humano do Ananasi. Quando um Ananasi assume esta forma, algumas das aranhas servem como líderes, outras como seguidoras. Estes "líderes" possuem a soma das memórias de um Ananasi e a divisão da consciência entre eles, direcionando o movimento de seus seguidores. Esta forma é melhor para a fuga, furtividade, ou infiltração. Mesmo com a sobrevivência de poucas aranhas, o Ananasi pode eventualmente reconstituir-se, com o tempo e mediante o consumo de proteína (normalmente outras aranhas) para reconstruir sua massa. Se um "líder" morre, a porção de memórias e personalidade contida por essa aranha indivídual morre com ela. Se uma porção significativa (1/3 ou mais) dos pequeninos perecer, a Ananasi reconstituída pode aparecer (e agir) completamente diferente do indivíduo original. Crawlerlings podem produzir teias como aranhas normais. Embora a própria forma não invoque o Delirium, qualquer mortal que vislumbre o colapso de um Ananasi em forma Crawlerling (ou sua reforma de Crawlerling para outra forma) sofre o efeito completo de Delirium.
P.S: Todos os Ananasi alimentam-se de sangue, sendo esta a fonte de seu poder.
 
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
O Narrador
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/06/2015

MensagemAssunto: Re: Ananasi   Sex Jul 24, 2015 11:10 am

OBS: A criação de personagens desta categoria ocorrerá apenas mediante aprovação e instrução de um dos moderadores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ananasi   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ananasi
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
World of Darkness - RPG :: Sistema - Lobisomem: O Apocalipse :: Outros Metamorfos-
Ir para: